O que é mirra na bíblia?

Hoje decidimos explicar de forma clara o que é mirra na bíblia evangélica.

Provavelmente a maioria das pessoas já ouviu, pelo menos uma vez durante a vida, a palavra “mirra”. 

E mesmo sendo uma palavra razoavelmente comum, certamente a maioria das pessoas não sabe o que é ou ainda os significados que ela traz consigo. 

Muitos sabem que além de um tipo de resina, a mirra também é um artefato utilizado há muito tempo, sendo aplicado a diversas funções, e estando presente inclusive nos textos bíblicos. 

O que é mirra? 

Em primeiro lugar vamos revelar o significado da palavra. Isso é importante para que depois consiga perceber o seu significado no mundo religioso.

Mirra” traduz-se para “amargo”, sendo um conceito que surgiu a partir de outras duas palavras: Murr do aramaico e Mur do árabe. 

Este conceito usualmente é atrelado a uma resina, porém mirra é na realidade o nome da árvore da qual esta é retirada. 

Enquanto árvore a mirra é um espécime de tamanho grande, chegando aos 5 metros de altura, e coberta por folhas caducas, assim como espinhos.

Nativa das regiões da África e Oriente Médio, seu crescimento se dá preferencialmente em solos drenados e com exposição intensa ao sol. 

Agora que sabe a origem e o significado, vamos ver o que diz na bíblia sobre ela…

O que é mirra na bíblia?

O que é mirra na bíblia

Estamos perante algo muito curioso!

A mirra se dá como um dos principais elementos citados nos textos bíblicos.

Dada sua importância enquanto ferramenta medicamentosa e ainda enquanto símbolo de unção, proteção e trabalho junto a Deus. 

Esta planta e seu uso são citados em diversos trechos estando relacionada principalmente a vida de Jesus e recebendo alusões em cada uma das fases de sua vida descritas nos textos.

Ela esteve presente durante seu nascimento, morte e ressurreição. 

Ao nascer, um dos três presentes que Jesus recebe é a mirra.

Cada um destes elementos recebidos simbolizava algo na vida do Senhor.

Simbolizava que este seria alguém poderoso, o qual intercederia por outros e ainda como um sofredor em prol dos demais. 

A mirra nesta situação simbolizava Jesus enquanto um meio de cura aos homens.

Isto pois seu sacrifício resultaria em absolvição de dores e enfermidades daqueles que permaneceram vivos. 

Além disto, tal como segue ocorrendo na atualidade, a Bíblia descreve o óleo de mirra como algo para ungir, ou seja, purificar, proteger e curar. 

Ao nascer Jesus é presentado com mirra, tornando-se Jesus Cristo, que do grego significa ungido.

Desse modo, o simbolismo presente é da existência do Senhor como alguém ungido.

Alguém preparado por Deus para lutar as batalhas necessárias e, desse modo, poder proporcionar redenção aos demais.

Atualmente ainda usamos essa planta… Foi usada na antiguidade, mas também na atualidade!

Abaixo falamos sobre os usos que hoje em dia damos a essa maravilhosa planta.

Uso da mirra na atualidade e antiguidade 

Planta mirra
Planta mirra

Na atualidade a mirra é uma planta muito utilizada para fins medicinais, dado os inúmeros benefícios e meios de utilização que ela proporciona ao usuário. 

Usualmente é atrelada para o tratamento de feridas labiais e infecções na pele.

Além disso, não é incomum encontramos seu uso sendo aplicado a rejuvenescimento da pele, tratamento de acnes e úlceras. 

Isso ocorre, pois os estudos demostram que esta apresenta propriedades microbianas, adstringentes, anti-inflamatória, anestésica, entre diversas outras que são úteis ao homem. 

Além de eficaz, seu uso é de fácil acesso, sendo encontrada em farmácias de manipulação e também de produtos naturais.

No caso de sujeitos que a preferem o mais natural possível, ela é vendida também em forma de óleo, incenso e repelente, sendo ainda uma excelente opção de chá para tratamentos na gengiva. 

Entretanto, muito diferente de como a temos hoje, na antiguidade a mirra tinha outros fins, sendo um dos principais elementos em cerimônias religiosas. 

Sabe-se, por exemplo, que os Egípcios a utilizavam tanto no processo de embalsamento quanto para cultuar o deus do sol. 

Anos mais tarde, na Idade Média, encontramos evidências de seu uso em celebrações religiosas, estando presente em funerais e cremações. 

Percebe-se, portanto, que o maior uso desta planta, independente do formato utilizado, vem sendo o religioso. 

A presença da mirra no contexto religioso segue da antiguidade aos dias atuais, pois ainda hoje se encontra sua utilização em cerimônias católicas, giras de umbanda e também no santo daime. 

Já nos tempos bíblicos a mirra estava presente.

Sendo inclusive registrada em diversos textos da Bíblia, como, por exemplo, no nascimento do menino Jesus, momento no qual esta aparece como um dos três presentes dos reis magos ao recém-nascido, completando o trio: ouro, incenso e mirra

Gostou deste artigo sobre o que é mirra na bíblia? Então leia também o estudo dos capítulos e os versículos de vitória.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *