O que a bíblia diz sobre relacionamento entre pais e filhos

Hoje um leitor fez uma pergunta para a gente sobre o que a bíblia diz sobre relacionamento entre pais e filhos.

É algo bastante pertinente e que honestamente todos deveriam saber.

Todos sabemos que os relacionamentos hoje em dia são bem diferentes dos de antigamente.

Nos outros tempos havia muito mais respeito, carinho e até mesmo amor para com os pais.

Hoje em dia já nada é assim. A constituição da família é completamente diferente e os relacionamentos entre os filhos e os pais mudou de forma drástica.

Não deveria ser assim, pelo menos para quem gosta de seguir a bíblia diariamente.

Mas afinal, o que diz ela sobre este tipo de relacionamento? Como ele deve ser? Quais os limites existentes?

Descubra através da leitura deste artigo, logo abaixo.

O que a bíblia diz sobre relacionamento entre pais e filhos | 5 coisas

O que a bíblia diz sobre relacionamento entre pais e filhos

“Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa; Para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor.” (Efésios 6:1-4)

Existem vários episódios bíblicos que falam deste tipo de relacionamento.

São várias as coisas a destacar, mas neste artigo vamos falar das 5 mais importantes.

Estão relacionadas com o amor, com o respeito pelo pai e com os limites que podemos e não podemos cruz neste tipo de relacionamento.

São princípios básicos que todos devemos conhecer, mais cedo ou mais tarde.

  1. A obediência dos filhos aos pais é obrigatória;
  2. Honrar um pai é mais que lhe obedecer;
  3. Os pais devem encorajar, não apenas criticar;
  4. Os pais nunca devem comparar seus filhos;
  5. Os pais devem nutrir, alimentar e educar de acordo com Deus.

Acima está a lista simplificada, mas abaixo vamos falar sobre cada um desses importantes pontos.

Recomendamos que leia todos eles. São importantes não apenas para pais, mães e filhos, mas sim para todas as pessoas que acreditam nos princípios bíblicos.

1. A obediência dos filhos aos pais é obrigatória

Segundo a bíblia, um filho tem de respeitar um pai com todas as suas forças. É algo que todos devíamos saber, mesmo ser ler a bíblia católica.

Tem de obedecer quando ele manda, fazer o que ele quer e nunca criticar a sua palavra nem as suas atitudes.

É claro que tem de existir um limite por parte dos pais, mas isso já é outro ponto que vai ser falado neste mesmo artigo.

Os pais criam os filhos, dão-lhes alimento, educação e praticamente a sua vida por eles, portanto os filhos tem de agradecer todo o esforço dedicado a eles.

É importante que sejam obedientes e que nunca lhes faltem ao respeito.

2. Honrar um pai é mais que lhe obedecer

Esta é uma das coisas de o que a bíblia diz sobre relacionamento entre pais e filhos.

É algo extremamente importante que todos devem ler, sejam pais, mães ou filhos.

Este segundo ponto por si só já fala tudo, mas vamos falar mais um pouco sobre ele.

Para que um filho honre o seu pai ele tem de fazer muito mais que lhe obedecer.

Ele tem de agradecer todo o esforço que o seu progenitor lhe dedicou desde a sua criação até ao seu inteiro desenvolvimento.

De forma geral, honrar é muito mais que simplesmente obedecer a ordens.

É tomar iniciativa e fazer algo que o beneficie, que lhe traga alegria, paz e muita harmonia.

3. Os pais devem encorajar e não apenas criticar

Até agora estivemos a ver as obrigações dos filhos perante os pais, mas o que acontece ao contrário?

Agora chegamos à parte dos pais.

Eles também tem de respeitar os seus filhos, respeitar a sua divina criação.

Não podem nem devem apenas criticar, apenas enumerar as coisas erradas que os filhos fazem, deve também falar sobre as coisas boas.

Têm de ensinar os seus filhos tudo aquilo que sabem e ter paciência durante todo esse processo que pode ser bem demorado.

Devem encorajar, independentemente das capacidades do filho. Nunca devem criticar os seus erros, isto porque todos erramos, todos somos humanos.

O encorajamento leva a uma educação bíblica mais disciplinada e humana.

4. Os pais nunca devem comparar os seus filhos

Já ouviu falar sobre a comparação de qualidades e defeitos entre os filhos?

Está bem explícito na bíblia esse ponto. Isso nunca deve acontecer, de modo algum.

Os pais nunca devem fazer comparações entre os seus filhos. Não devem dizer que um é melhor ou pior que o outro.

Não importa o que dizem, o importante é que nunca os devem comparar.

Cada pessoa é com é, tem os seus defeitos, as suas qualidades e tudo isso.

Temos de aceitar cada filho como ele é e nunca dizer que ele é melhor ou pior que o seu irmão, esteja ele presente ou não.

5. Os pais devem nutrir, alimentar e educar de acordo com Deus

Ter um filho não é um desafio… O verdadeiro desafio é criar ele.

A partir do momento em que se é pai e mãe existe um desafio a cumprir.

O papel dos pais é nutrir, alimentar e educar o filho de acordo com os melhores princípios da bíblia e de Deus Nosso Senhor.

É uma tarefa que pode durar toda a vida dos pais ou então dos seus filhos.

Queremos terminar este artigo dizendo que ambos tem de respeitar e de ser respeitados.

Ser pai é igualmente difícil a ser um filho. Ambos tem um papel a cumprir e várias responsabilidades que não esperavam ter de enfrentar.

O mais importante de tudo é que nunca haja falta de respeito neste relacionamento.

O papel e a preocupação de Deus é que exista paz, serenidade, alegria e muita harmonia neste tipo de relacionamento.

Deve-se evitar a tudo o custo as brigas, as confusões, a desconfiança e todo esse tipo de coisas que apenas regridem os laços familiares.

Isso é o que a bíblia diz sobre o relacionamento entre os pais e os filhos. Conhecia algum dos ensinamentos mostrados?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *