Biblia Comentada por Versículo - RSS

 I João - Cap.: 2

12345
1 - MEUS filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.
    2:1-6 O perdão não elimina a obrigação moral de obedecer os mandamentos de Deus. Alguns leitores podem ter a promessa de 1:9 como uma licença para o pecado, mas John deixa claro que esta seria a abusos e aplicação errada da promessa (v. 1). "Jesus Cristo, o Justo" é apresentado como sacrifício, advogado, e por exemplo. Sua expiação é eficaz para os eleitos de Israel e do mundo inteiro. Na Bíblia, "conhecer" alguém inclui estreita comunhão e amor. Para conhecer a Cristo significa "guardar os Seus mandamentos." Este conhecimento de Cristo é chamado de "aperfeiçoar" o amor de Deus (v. 5), não porque nos faz pessoalmente, sem pecado, mas porque é irrevogavelmente estabelecido em aqueles que vivem por ela. Qualquer um que se atreve a ter recebido o perdão de Deus, mas que rejeita o dom do amor obediente como desnecessária é um mentiroso "." Em vez de receber "Jesus Cristo, o Justo", como Salvador, essa pessoa fabrica um falso Cristo, um salvador que é indiferente à justiça.
    2:1 que não pequeis. John quer que seus leitores para responder a misericórdia de Deus com uma vida de obediência. Esta é uma expressão de preocupação para aqueles com quem ele tem servido (2 João 4-6; 3 João 3, 4). 1 João não dar detalhes sobre os pecados dos leitores ou dos seus adversários heréticos (ao contrário, por exemplo, 1 Coríntios).
    advogado. A palavra grega é parakletos, um "ajudante", tais como um advogado em uma questão jurídica. No Evangelho de João, que é utilizado do Espírito Santo (João 14:16, 26, 15:26, 16:7). A palavra não é encontrada em outras partes do Novo Testamento, embora seja comum em outros tipos de literatura.
    1. Em vez de uma formal, John adopta um endereço virtual (compare 1Jo 1:04). Para desejar alegria para o leitor era o endereço antigo costume. O período iniciado em 1Jo 1:1 é quebrado pelo intercalado 1Jo 1:02, e é retomada em 1Jo 1:03 com a repetição de algumas palavras de 1Jo 1:01.
    O que não era começou a ser", mas foi essencialmente (em grego, "een", não egeneto ") antes que Ele se manifestou (1Jo 1:02); responder a" aquele que é desde o princípio "(1Jo 2 : 13), assim Johns Evangelho, João 1:1, "No princípio era o Verbo." Pr 8:23, "Eu fui criada desde a eternidade, desde o início, ou nunca foi a terra."
    nós apóstolos.
    ouvido | visita | olhou | tratada de uma série crescente de gradação. Seeing é uma prova mais convincente do que ouvir de; movimentação, que mesmo vendo." Ter ouvido | ter visto "(tempos perfeitos), como ainda a posse permanente conosco , mas em grego (não o Inglês Version "ter", mas simplesmente) "olhado" (tempo não é perfeito, pois de uma coisa permanente, mas aoristo, o tempo passado), enquanto Cristo, o Verbo encarnado ainda estava conosco. "Seen, ", ou seja, a Sua glória, como revelado na Transfiguração e Seus milagres e Sua paixão e morte em um corpo real de carne e sangue." Olhei em cima ", como um espetáculo maravilhoso firmemente, profundamente, de maneira contemplativa, de modo que o grego. adequadas para Johns caráter contemplativo.
    mãos | manipulados Thomas e os outros discípulos em ocasiões distintas, depois da ressurreição. John se tinha inclinado sobre o peito de Jesus durante a Última Ceia. Contrast mais sábio do sentimento pagão depois (o mesmo grego, como aqui, depois de tatear com as mãos") se por acaso eles poderiam encontrar Deus (cf. At 17:27). Isso prova contra Socinians ele está falando aqui da Palavra encarnada pessoal, não de Cristos de ensino desde o início da sua vida oficial.
    de relativa", após "ouvi". "ouvido" é o verbo mais aplicáveis à finalidade da Epístola, a saber a verdade que John tinha ouvido falar a respeito da Palavra de vida, isto é, (Cristo), o Word que é o vida ". Heard", ou seja, a partir de Cristo, incluindo todos os cristos ensinamentos sobre si mesmo. Portanto, ele coloca "de" ou "relativo", antes "a palavra da vida", que é inaplicável a qualquer um dos verbos, exceto "ouvido "e também" ouvir "é o único dos verbos que ele continua no 1Jo 1:05.
    1. Meus filhos amados - Então, o apóstolo aborda frequentemente o corpo inteiro dos cristãos. É um termo de ternura e afeto, usado por nosso Senhor aos seus discípulos, João XIII, 33. E talvez muitos a quem João escreveu agora foram convertidos por seu ministério. É uma palavra diferente do que é traduzida como criancinhas", em várias partes da carta, para distingui-lo do que, é aqui traduzida filhos amados. Eu escrevo estas coisas para você, para que vos não pecar - Assim que os guardas-los de antemão contra o abuso da doutrina da reconciliação. Todas as palavras, as instituições, e os juízos de Deus são dirigidas contra o pecado, ou que não podem ser cometidos, ou que pode ser abolido. Mas se alguém pecar - Que ele não se encontram em pecado, desesperado de ajuda. Temos um advogado - Nós temos para o nosso advogado, não uma pessoa média, mas aquele de quem se dizia: "Este é meu filho amado". Não é uma pessoa culpada, que tem necessidade do perdão para si mesmo, mas Jesus Cristo, o justo, não um mero peticionário, que se baseia puramente em liberalidade, mas que mereceu, inteiramente merecido, o que ele pede.
2 - E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo.
    2:2 propiciação. A propiciação é um sacrifício a Deus significava para tirar o pecado interposto pela inimizade entre Deus eo adorador. Só Cristo pode ser uma expiação eficaz.
    para o mundo inteiro. o sacrifício de Cristo é suficiente não só para John e da sua comunidade imediata, mas é válido em qualquer lugar do mundo. É um sacrifício que não exige a adição ou suplemento.
    2. a vida Jesus," o Verbo da vida ".
    manifestou-se que havia sido" com o Pai ".
    show Traduzir como em 1Jo 1:03", declare "(compare 1Jo 1:05). Declare é o termo geral, escrever é o particular (1Jo 1:04).
    que a vida eterna Greek", a vida que é eterna. "À medida que a epístola começa, assim que termina com" vida eterna ", que vamos gozar com, e, aquele que é" a vida eterna. "
    que grego", o que ". antes mencionados (1Jo 1:01) A vida que estava com o Pai", desde o início "(compare João 1:01). Isto prova o carácter distintivo da Primeira e da Segunda Pessoa da uma divindade.
    2. E ele é a propiciação - O sacrifício expiatório pelos que a ira de Deus é aplacada. Para os nossos pecados - mas quem acreditar. E não somente pelos nossos, mas também pelos pecados de todo o mundo - Just tão grande como o pecado se estende, estende-se também a propiciação.
3 - E nisto sabemos que o conhecemos: se guardarmos os seus mandamentos.
    3. O que temos visto e ouvido restabelecida a partir de 1Jo 1:01, onde a sentença, sendo interrompido por 1Jo 1:2, entre parênteses, foi deixada incompleta.
    isso vos anunciamos manuscritos mais antigos add também;-vos também que não viram ou ouviram.
    que também vós tenhais comunhão connosco , que também vós que não tenha visto, pode ter comunhão conosco, que somos nós que temos visto gozar, o que consiste na comunhão que procede afirmar:" Nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho ". Faith percebe o que nós não vimos como espiritualmente visível, não pela fé até nós também vimos, sabemos todos excelência do verdadeiro Salomão. Ele mesmo é nossa, e Ele em nós e nós nele. Somos" participantes da natureza divina. "Conhecemos Deus apenas por ter comunhão com Ele, Ele pode, portanto, ser conhecido, mas não compreendida. A repetição de" por "antes do" Filho ", distingue as pessoas, enquanto a bolsa ou a comunhão com os Pai e Filho, implica a sua unidade. Não é acrescentado "e com o Espírito Santo", porque é pelo Espírito Santo ou o Espírito do Pai e do Filho em nós, que somos capazes de ter comunhão com o Pai e Filho ( compare 1Jo 3:24). Crentes desfrutar da comunhão, mas não com o Espírito Santo. "Por Cristo, Deus abre o abismo que o separava da raça humana, e dá-se a eles na comunhão da vida divina" [] Neander.
    3. E nisto sabemos que estamos verdadeiramente salvadora e conhecê-lo - como ele é o defensor, o justo, a propiciação. Se guardarmos os seus mandamentos - particularmente aqueles de fé e amor.
4 - Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade.
    4. essas coisas e nenhum outro, ou seja, esta epístola inteira.
    vos escrevemos Alguns manuscritos mais antigos omitem" vos ", e enfatizam o" nós ". Assim é a antítese entre" nós "(apóstolos e testemunhas-oculares) e" seu. "Nós escrevemos, assim, que a vossa alegria seja completa. Outros manuscritos mais antigos e versões de ler "a nossa alegria", ou seja, que a vossa alegria seja repleta de trazê-lo também em comunhão com o Pai e Filho. (Compare João 4:36 fim; Php 2:2, "Cumprir vós o meu alegria ", Php 2:16, 4:1; 2JO 8). É possível que o" seu "pode ser uma correção de transcritores para fazer este versículo harmonizar-se com João 15:11, 16:24; no entanto, como John repete muitas vezes frases favoritas, ele poderá fazê-lo aqui, assim que "seu" pode ser de si mesmo. 2JO 12 Assim, "seu" em manuscritos mais antigos. A autoridade de manuscritos e versões de ambos os lados aqui é quase equilibrada. Cristo é a fonte, objeto, eo centro de sua alegria povos (compare 1Jo 1:03, fim), está em comunhão com Ele que temos a alegria, o fruto da fé.
5 - Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele.
    5. Primeira divisão do corpo da Epístola (compare Introdução).
    Declaro grego ," anunciar "; relatório, por sua vez, uma palavra grega diferente de 1Jo 1:03. Como o Filho anunciou a mensagem ouvida do Pai, como Seu apóstolo, então os apóstolos Sons anunciar o que ouviram do Filho. John nada usa o termo "Gospel", mas a testemunha ou o depoimento, a palavra da verdade, e aqui a mensagem.
    Deus é luz Que luz é no mundo natural, de que Deus, fonte de luz, mesmo material, é no plano espiritual, a fonte da sabedoria, pureza, beleza, alegria e glória. Como toda a vida material e do crescimento depende da luz , para toda a vida e crescimento espiritual depende de Deus. Como Deus aqui, então Cristo, em 1Jo 2:8, é chamado de "a luz verdadeira."
    treva nenhuma negação forte, grego:" Não, nem mesmo um grão de escuridão ", sem ignorância, erro, falsidade, pecado ou morte. John ouviu isso de Cristo, não só em palavras, expressar, mas, em suas palavras agiu , ou seja, sua manifestação é todo em carne e osso como "o resplendor da glória Padres." Cristo era a personificação da "mensagem", representando plenamente em todas as suas palavras, ações e sofrimentos, Ele que é a luz.
    5. Mas qualquer que guarda a sua palavra - os Seus mandamentos. Em verdade, nele o amor de Deus - Reconciled para nós através de Cristo. É perfeito - é perfeitamente conhecida. Nisto - Pela nossa mantendo sua palavra. Nós sabemos que estamos nele - Assim é a árvore conhecida por seus frutos. Conhecer ele," ser "em si", para "permanecer nele", são termos quase sinônimos, apenas com uma gradação, - conhecimento, comunhão, constância.
6 - Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou.
    2:6 andar como Ele andou. João assume que seus leitores têm o tipo de conhecimento sobre a vida de Jesus e os propósitos que se encontra no Evangelho.
    6. dizer que professam.
    ter comunhão com ele (1Jo 1:03). A essência da vida cristã.
    caminhada em ação dentro e para fora, onde quer que nos virar [Bengel].
    nas trevas grego", na escuridão ", em oposição a" luz "(1Jo 2:08 compare, 11).
    mentira (1Jo 2:04).
    não na prática, o que dizemos.
    a verdade (Ef 4:21; João 3:21).
    6. Aquele que diz que permanece nele - o que implica um estado duradouro, um conhecimento constante, com duração de, e de comunhão com, ele. Deve-se - Se não são palavras vãs. Assim, para andar como ele andou - Em todo o mundo. Como ele, são palavras que ocorrem com freqüência nesta epístola. Crentes tendo os corações cheios de si, facilmente fornecer o seu nome.
7 - Irmãos, não vos escrevo mandamento novo, mas o mandamento antigo, que desde o princípio tivestes. Este mandamento antigo é a palavra que desde o princípio ouvistes.
    2:7-11 O mandamento de Deus em Cristo é tanto o "velho" eo "novo". É antigo, pois data dos primórdios da era cristã, os crentes tinham este comando ", desde o início", quando Jesus Cristo começou a ensinar. É novo porque é continuamente reaplicadas em novos atos de amor, com sua origem nele e seus outworking "em você". Love pertence ao reino da luz, como o excesso contra a escuridão, onde o ódio ainda tem influência. João fala de amor ao irmão, "que Jesus deu um mandamento a seus discípulos antes de sua morte. João tira drasticamente o contraste entre uma comunidade cristã, regida por amor e do ódio que as regras de fora (João 15:18, 19).
    2:7 desde o início. Enquanto John às vezes usa esta palavra para se referir ao início de todas as coisas (vv. 13, 14; 1:1) , aqui ele se refere ao início do movimento cristão na vida e no ensinamento de Jesus (v. 24; 3:11). Como mostra o versículo seguinte, a vinda de Jesus foi o ponto crítico inaugurando uma nova época, o alvorecer de um novo dia.
    7. Compare Ef 5:08, 11-14. Nós andamos", "Deus é (essencialmente na Sua própria natureza, como a luz, 1Jo 1:05), à luz." Andar na luz, o elemento no qual o próprio Deus é, constitui a prova da comunhão com ele. Cristo, como nós, andou na luz (1Jo 2:06). Avisos Alford, Andar na luz, como Ele está na luz, não é mera imitação de Deus, mas uma identidade no elemento essencial da nossa caminhada diária com o elemento essencial de Deus ser eterno.
    temos comunhão uns com os outros e, claro, com Deus (para ser entendido a partir 1Jo 1:06). Sem ter comunhão com Deus, não pode haver verdadeira comunhão cristã e um com o outro (compare 1Jo 1:03).
    e como resultado de" andar na luz, como Ele está na luz. "
    o sangue de Jesus | nos purifica de todo pecado diária contratada pela fraqueza pecaminosa da carne e do poder de Satanás e do mundo. Ele não está falando da justificação, pelo seu sangue uma vez por todas, mas a santificação presente (" purifica "está presente) que o crente, a caminhar na luz e ter comunhão com Deus e os santos, como gosta de seu privilégio. Compare 13:10 Joh, grego," Aquele que se banhou, não necessita guardar para lavar os pés sangue, mas está todo limpo. "Compare 1Jo 1:09," nos purificar de toda injustiça ", mais um passo além de" perdoar os nossos pecados. "Cristos é a média de limpeza, sendo que de forma gradual, sendo já justificada e em comunhão com Deus, tornamo-nos purifica de todo pecado que estragasse a nossa comunhão com Deus. Faith aplica-se a purificação, a purificação do sangue. Alguns manuscritos mais antigos omitem "Cristo", outros mantêm-la.
    7. Quando falo de manter sua palavra, eu não escrevo um mandamento novo - Eu não falo de qualquer outro. Mas o mandamento antigo, que tendes - Mesmo de seus antepassados.
8 - Outra vez vos escrevo um mandamento novo, que é verdadeiro nele e em vós; porque vão passando as trevas, e já a verdadeira luz ilumina.
    8. A confissão dos pecados é uma consequência necessária de andar na luz" (1Jo 1:07). "Se tu confessar-te um pecador, a verdade está em ti, pois a verdade é própria luz. Ainda não tem a tua vida se tornam perfeitamente claro, como os pecados ainda estão em ti, mas ainda tens já começou a ser iluminada, porque havia está em ti confissão dos pecados "[Agostinho].
    que não temos pecado ter", "não tiveram", não deve se referir à vida passado pecaminoso, enquanto não convertidas, mas para o estado actual em que os crentes têm pecado, mesmo ainda. Observe, "pecado" está no singular; " (confessarmos os nossos) pecados "(1Jo 1:09), no plural. Sin refere-se à corrupção do velho ainda está presente em nós, e que a mancha criado pelos pecados reais decorrentes dessa velha natureza em nós. Confessar nossa necessidade de purificação do pecado atual é essencial para "andar na luz"; medida é a presença de algum pecado incompatível com o nosso principal no "andar na luz." Mas o crente odeia, confessa, e deseja ser entregues a partir de todo o pecado , que é a escuridão. "Eles que defendem os seus pecados, vai ver no grande dia se os seus pecados podem defendê-los."
    enganamos a nós mesmos Nós não podemos enganar a Deus, nós só nos fazer errar no caminho certo.
    a verdade (1Jo 2:04) fé. Verdadeiro." A verdade, respeitando a santidade Deuses e nossos pecados, que é a primeira centelha de luz em nós, não tem lugar dentro de nós "[Alford].
    8. Novamente, eu escrevo um mandamento novo para você - Nomeadamente, no que diz respeito a amar um ao outro. Um mandamento que, embora ele também foi dado há muito tempo, mas é realmente novo nele e em você. Foi exemplificado por ele, e agora é preenchida por você, de tal maneira como nunca foi antes. Porque não há comparação entre o estado dos crentes do Velho Testamento, e que vós agora divirta-se: as trevas do que a dispensa se passaram, eo Cristo, a verdadeira luz já brilha em seus corações.
9 - Aquele que diz que está na luz, e odeia a seu irmão, até agora está em trevas.
    9. confessar com os lábios, falando de um coração contrito, envolvendo também a confissão de nossos companheiros de crimes cometidos contra eles.
    fiéis para suas próprias promessas," true "à Sua palavra.
    apenas Não apenas misericórdia, mas a justiça ou a justiça de Deus é estabelecido na redenção do crente que se arrepende em Cristo. Gods promessas de misericórdia, para que Ele é fiel, e estão em conformidade com a Sua justiça.
    de Greek", a fim de que. "Sua perdoar os nossos pecados e nos purificar, & c., é a prossecução dos fins da Sua eterna fidelidade e justiça.
    perdoar remissão da culpa.
    purificar purificar de toda a imundícia, para que doravante cada vez mais tornam-se livres da presença do pecado através do Espírito de santificação (Hebreus 09:14 compare e acima, consulte no 1Jo 1:07).
    injustiça ofensiva Àquele que" é justo "ou justo; pecado" chamado "1Jo 1:07, pois" o pecado é a transgressão da lei ", ea lei é a expressão de Deus a justiça, a fim de que o pecado é a injustiça.
    9. Aquele que diz que ele está na luz - em Cristo, unidos a ele. E odeia a seu irmão - O próprio nome mostra o amor que lhe é devida. Está nas trevas até agora - Void de Cristo e de toda a luz verdadeira.
10 - Aquele que ama a seu irmão está na luz, e nele não há escândalo.
    10. Paralelamente à 1Jo 1:08.
    não temos pecado referindo-se à comissão de pecados reais, mesmo após a regeneração e conversão, e que em 1Jo 1:08," não temos pecado nenhum ", refere-se à culpa presentes restantes (até limpo) do real pecados cometidos, e o pecado de nossa natureza corrupta antigo ainda aderir a nós. O perfeito "e | pecaram" traz para baixo a comissão de pecados para o tempo presente, não apenas os pecados cometidos antes, mas desde que a conversão.
    fazemo-lo mentiroso gradação; 1Jo 1:06," nós "mentira; 1Jo 1:08", enganamos a nós mesmos ", o pior de tudo," fazemo-lo mentiroso ", por negar a sua palavra de que todos os homens são pecadores (compare 1Jo 5:10).
    sua palavra não está em nós Sua palavra", que é "a verdade" (1Jo 1:08), acusa-nos verdadeiramente, negando-se conduzi-lo de nossos corações (compare João 5:38). Nossa rejeição " Sua palavra "em relação aos nossos pecadores sendo, implica como consequência a nossa rejeição de Sua Palavra e vontade revelada na lei e do Evangelho como um todo, pois estes ao longo descanso no fato de que temos pecado, e pecado. «  Prev Capítulo 1 Next  »? versão para impressão Este livro foi acessado mais de 1.764.811 vezes desde 01 de junho de 2005. Registre-se Login Anúncios Copyright | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie conosco | Programa de Assinatura Library. ControlBox fundo ( : fundo; 0px: # 660000; cor: estofamento; branco: 4px 4px 4px 4px; border: 1px cinza sólido; visibility: hidden; font-size: 10pt;). cbutton (border: 1px solid # 330000; background: # CCCCCC ; padding: 2px 2px 2px 2px;) | |
    10. Aquele que ama a seu irmão - Por amor de Cristos. Permanece na luz - de Deus. E não há ocasião de tropeço nele - Considerando que aquele que odeia seu irmão é uma ocasião de tropeço para ele. Ele tropeça contra si mesmo, e contra todas as coisas dentro e por fora, enquanto aquele que ama seu irmão, tem um caminho, livre desafogada.
11 - Mas aquele que odeia a seu irmão está em trevas, e anda em trevas, e não sabe para onde deva ir; porque as trevas lhe cegaram os olhos.
    11. Aquele que odeia a seu irmão - E ele deve odiar, se ele não amá-lo: não há meio. É na escuridão - Em pecado perplexidade, emaranhamento. Ele anda na escuridão, e não sabe que ele está na estrada para o inferno.
12 - Filhinhos, escrevo-vos, porque pelo seu nome vos são perdoados os pecados.
    2:12-14 Os três grupos abordados nestes versos são realmente um grupo, os destinatários da carta, caracterizada de diferentes maneiras. Eles são "crianças" porque, com o perdão dos pecados que eles têm sido bem acolhidos na família de Deus, seu Pai. Eles são "pais", porque seu conhecimento de Deus em Jesus Cristo, qualifica-se para entregar este conhecimento para as gerações futuras. Eles são chamados de "homens novos", porque a sua rejeição decisiva do maligno é uma vitória como a de Jesus, que lutou com Satanás no deserto e venceu (Mateus 4:1-11).
    2:12 por amor do seu nome. O poder do nome de Jesus é central para a proclamação cristã primitiva (Atos 2:38; 3:6; 4 : 12). João 17:11, 12 indica que Deus nos deu Seu próprio nome de Jesus para proteger os seus discípulos e mantê-los seguros. Nome de Deus, viria a desonra, se o Seu perdão deve falhar.
    12. Eu vos escrevi, filhos amados - Assim St. John bespeaks todos a quem ele escreve. Mas a partir do décimo terceiro a 1 João II, versículo 13-27 twentyseventh, ele divide-os particularmente em pais", "jovens" e "criancinhas". Porque os teus pecados estão perdoados - Como se ele tivesse dito, esta é a soma do que tenho agora por escrito. Ele então prossegue para outras coisas, que são construídos sobre esse alicerce.
13 - Pais, escrevo-vos, porque conhecestes aquele que é desde o princípio. Jovens, escrevo-vos, porque vencestes o maligno. Eu vos escrevi, filhos, porque conhecestes o Pai.
    2:13 vocês venceram o Maligno. O tema da superação é pego novamente em 5:4, 5; não é a vitória sobre "o mundo "que se opõe a Deus. A vitória de João descreve é resistir à tentação e manter fiel à palavra de Deus. Contrasta com a derrota da raça humana na Queda (Gn 3). Para João, a vitória na batalha contra a tentação tem em vigor já ganhou, desde a nossa união com Deus não pode ser quebrado (João 10:27-30).
    13. O endereço para pais espirituais, os homens jovens e crianças é proposto pela primeira vez neste versículo, onde ele diz, eu vos escrevo, pais: eu vos escrevo, jovens: eu vos escrevo, filhinhos: e depois alargada sobre ; fazendo o que ele diz: Eu vos escrevi, pais," 1 João II, 14. "Eu vos escrevi, jovens," 1 João II, 14-17. "Eu vos escrevi, filhinhos," 1 João II, 18-27. Tendo terminado o seu endereço de cada um, ele retorna para todos juntos, a quem ele mais uma vez termos (como um João II, 12), "filhos amados". Pais, vós conheceis aquele que é desde o início - Nós temos conhecido o Deus eterno, de uma forma em que nenhum outro, mesmo os crentes, conhecê-lo. Rapazes, tendes vencido o maligno - em várias batalhas pelo poder da fé. Filhinhos, vocês conhecem o Pai - como o vosso Pai, que vos ainda não superado, pelo Espírito, testemunhando com seu Espírito, que sois filhos de Deus ".
14 - Eu vos escrevi, pais, porque já conhecestes aquele que é desde o princípio. Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno.
    14. Eu vos escrevi, pais - como se ele tivesse dito, observe bem o que eu, mas agora escreveu. Ele fala de forma muito breve e modesta a estes, que não precisava muito para ser dito a eles, como ter esse conhecimento profundo com Deus, que compreende todos os conhecimentos necessários. Rapazes, vocês são fortes - Na fé. E a palavra de Deus permanece em vós - profundamente enraizados em seus corações, através do qual tendes muitas vezes frustrado seu grande adversário.
15 - Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.
    2:15-17 não a admoestação moral para amar o mundo é também conselhos práticos, pois já está claro que o mundo está passando, (v. 17). Tal como no Evangelho de João, th e "mundo" é o sistema de rebelião e orgulho que pretende substituir Deus e seu governo. É este sistema e não a ordem criada em si, que "não é do Pai" e que já tinha sido marcada para o julgamento e destruição (João 12:31). Aqueles que não são do mundo recebe a palavra do Pai de Jesus (João 17:14) e mostrar a sua resposta a ela que eles são escolhidos para a salvação ea vida eterna.
    15. Para todos vocês, se os pais, jovens ou crianças, eu digo, Não ameis o mundo - Prosseguir a sua vitória, superando o mundo. Se alguém ama o mundo - Busque a felicidade nas coisas visíveis, não o amor de Deus.
16 - Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.
    2:16 luxúria ... orgulho. Aqueles que amam este mundo (v. 15) são míopes, pois eles querem ser satisfeito e honrado agora (Lc 6:24-26). Em contrapartida, aqueles que amam o Pai tem uma perspectiva de longo prazo e esperar recompensa de Deus (Lc 6:20-23).
    16. O desejo da carne - o prazer dos sentidos de ida, se o sabor, cheiro ou toque. O desejo dos olhos - dos prazeres da imaginação, para que o olho é subserviente, principalmente, do sentido interno através do qual podemos apreciar o que é grande, novo, ou bonito. A soberba da vida - Toda a pompa que em roupas, casas, móveis, apetrechos, maneira de viver, que geralmente honra de adquirir a maior parte da humanidade, e assim satisfazer o orgulho ea vaidade. É, portanto, diretamente inclui o desejo de louvor e, remotamente, a cobiça. Todos estes desejos não são de Deus, mas do príncipe deste mundo.
17 - E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.
    2:17 ele que faz a vontade de Deus permanece eternamente. João não está ensinando que a vida merece a nossa obediência eterna. Somente a obediência de Jesus pode satisfazer as exigências de Deus. Crentes recebem a vida eterna como um dom (5:11), e do dom do amor transforma-los para que eles fazem a vontade de Deus em gratidão (3:16).
    17. O mundo passa, ea vontade dele - isto é, tudo o que pode satisfazer os desejos passa impune. Mas o que faz a vontade de Deus - que ama a Deus, não o mundo. Permanece - Em gozo de que ele ama, para sempre.
18 - Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos, por onde conhecemos que é já a última hora.
    2:18-28 A partir do momento que Jesus pronunciou juízo sobre este mundo ", a última hora", foi em cima dele, uma intensificação da oposição à final Deus, que termina com o julgamento final. A previsão do "anticristo" não é do Antigo Testamento, mas de Jesus (Mateus 24:5, 24). Esta previsão começaram a ser cumpridas na era do Novo Testamento com aqueles que negam o Pai eo Filho (v. 22) e deixou a Igreja para propagar sua doutrina falsa (v. 19). Sua negação do Filho foi uma rejeição do Pai que O enviou (2:23, João 15:23). Em contraste com os anticristos, os crentes têm uma unção do Espírito Santo (vv. 20,
    2:18 é a última hora. João não vai satisfazer o desejo de "conhecer tempos ou épocas que o Pai tem colocado em sua própria autoridade" (Atos 1:7); ele caracteriza todo o tempo entre a primeira ea segunda vinda de Cristo como "a última hora" (cf. Act 2 : 17; 1 Coríntios. 10:11). Não importa quanto tempo esta hora "pode estender em termos de tempo de calendário, é verdade que" o tempo está próximo "(Ap 1:3; cf. Rev. 1: 1; 22:20) para todas as promessas de Deus para ser cumprida.
    o anticristo está chegando ... muitos anticristos se têm vindo. Isto é comumente visto como uma previsão distinto de muitos anticristos através do curso da história, seguido de um Anticristo no fim (2 Tessalonicenses. 2:3-10; Apocalipse 13:11-18). John, no entanto, pode estar se referindo apenas à sorte de falsos mestres que já o problema da igreja (v. 22; 4:3).
    18. Filhinhos, esta é a última vez - a última dispensação da graça, que é para continuar até o fim do tempo, é iniciado. Ouvistes que vem o anticristo - Sob o anticristo prazo, ou o espírito do anticristo, ele inclui todos os falsos mestres e inimigos da verdade, sim, o que as doutrinas ou os homens são contrários a Cristo. Parece ter sido muito tempo depois que o nome do anticristo foi apropriado para o grande adversário de Cristo, o homem do pecado, 2 Tessalonicenses. ii, 3 Anticristo, em St. Johns sentido, isto é, anticristianismo, vem se espalhando da sua época até agora, e vai fazê-lo, até que surge grande adversário, e é destruído por Cristos vinda.
19 - Saíram de nós, mas não eram de nós; porque, se fossem de nós, ficariam conosco; mas isto é para que se manifestasse que não são todos de nós.
    2:19 Saíram de nós. Paulo também adverte contra falsos professores que irão surgir entre os crentes (Atos 20:29-31). Tal como no caso de Simão, o feiticeiro (Atos 8:9 - 24), a adesão visível na igreja não garante a salvação. Inward apatia ou hostilidade para com a evangelho pode ser mascarado pela conformidade exterior. Os falsos mestres revelou sua hostilidade não só por sair, mas pela maneira que eles deixaram. Porque eles saíram para se opor à palavra do evangelho, a partida era tanto uma renúncia à igreja e sua mensagem como era a saída de Judas da Última Ceia (João 13:30).
    19. Eles não eram de nós - Quando eles iam; seus corações eram antes afastou de Deus, do contrário, teriam permanecido conosco, mas eles saíram, para que pudessem se manifestar - Ou seja, este se manifestou pela sua saída .
20 - E vós tendes a unção do Santo, e sabeis tudo.
    2:20 a unção do Santo. "Cristo" significa "Ungido ", referindo-se ao escritório único de Jesus como Salvador de Deus. Deus ungiu a Jesus diretamente com o Espírito Santo para ser consumado, o Profeta, Sacerdote e Rei (Atos 10:38; Heb. 1:1-9). crentes também têm profética , sacerdotal e real das responsabilidades e são ungidos com o Espírito Santo (2 Coríntios. 1:21, 22) para esses direitos (1 Coríntios. 12).
    20. Mas vós tendes a unção - A crisma, talvez assim chamado em oposição ao nome do anticristo, um ensinamento interior do Espírito Santo, que vos conhece todas as coisas - necessários para a sua preservação desses sedutores e, para sua salvação eterna. São João aqui, mas só toca no Espírito Santo, de quem ele fala mais em grande parte, cap. iii, 24, iv, v 13, de 6.
21 - Não vos escrevi porque não soubésseis a verdade, mas porque a sabeis, e porque nenhuma mentira vem da verdade.
    21. Eu tenho escrito - Ou seja, um João II, 13. Para vocês, porque vocês sabem a verdade - que é, para confirmar que no vos conhecimento já. Vós sabeis que nenhuma mentira é a verdade - que todas as doutrinas destes anticristos são irreconciliáveis com ele.
22 - Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? É o anticristo esse mesmo que nega o Pai e o Filho.
    2:22 nega que Jesus é o Cristo. Para separar Cristo Salvador de Jesus, o homem era uma marca do docetismo, a heresia de que Cristo só pareceu ser um ser humano (Introdução: Data e ocasião).
    22. Quem é esse mentiroso - Quem é o culpado dessa mentira, mas aquele que nega que a verdade que é a soma de toda a cristandade? Que Jesus é o Cristo, que ele é o Filho de Deus, que veio em carne, é uma verdade indivisível. e aquele que nega qualquer parte deste, na verdade nega o todo. Ele é o anticristo - E o espírito do anticristo, que, negando o Filho nega o Pai também.
23 - Qualquer que nega o Filho, também não tem o Pai; mas aquele que confessa o Filho, tem também o Pai.
    23. Todo aquele que nega o Filho eterno de Deus, ele não tem comunhão com o Pai, mas aquele que verdadeiramente crendo e confessa o Filho, tem comunhão com o Pai também.
24 - Portanto, o que desde o princípio ouvistes permaneça em vós. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também permanecereis no Filho e no Pai.
    24. Se a verdade a respeito do Pai e do Filho, que tendes ouvido desde o início, respeitar fixas e enraizadas em você, também vós permanecereis no que a comunhão feliz com o Pai e do Filho.
25 - E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna.
    2:25 vida eterna. Este é o supremo dom de Deus, mediada por Jesus Cristo (João 5:24 - 27) e dado livremente para os redimidos através da fé em Cristo ( 5:11, 13; João 3:16).
    25. Ele - o Filho. Prometeu-nos - Se nós permanecemos nele.
26 - Estas coisas vos escrevi acerca dos que vos enganam.
    26. Essas coisas - A partir de 1 João II, 21. Eu escrevi para você - St. John, de acordo com seu costume, começa e termina com a mesma forma, e tendo terminado uma espécie de parêntese, um João II, 20-26, continua, ii, 27, o que ele disse no versículo vinte, que lhes digam respeito que seduzi-lo.
27 - E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis.
    2:27 você não precisa que ninguém lhe ensinar. Os crentes têm uma iluminação de Deus através da ministério do Espírito Santo, que acompanha o Word e mantém-nos na verdade do evangelho. Não é uma contradição que deve ouvir receptivo a outros crentes, especialmente quando eles admoestar e instruir-nos. Eles também têm o Espírito, ea confusão geradas pelo falso ensino é um perigo real (Mt 24:24).
    27. Não tendes necessidade de que todos devem ensiná-lo, salvo que a sua unção vos ensina - que é sempre o mesmo, sempre coerente consigo própria. Mas isso não exclui a nossa necessidade de ser ensinado por eles que participam da mesma unção. De todas as coisas - o que é necessário para que você saiba. E não é mentira - como o que ensina o anticristo. Vós permanecei nele - Isso é adicionado tanto por meio de conforto e de exortação. O discurso inteiro, a partir do versículo 18 do presente, um João II, 18-27 é particularmente adaptado para crianças pequenas.
28 - E agora, filhinhos, permanecei nele; para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança, e não sejamos confundidos por ele na sua vinda.
    2:28 na Sua vinda. João refere-se ao retorno visível e final do Cristo no final da época. Naquele tempo Cristo virá como juiz, mas aqueles que "permanecer nele", continuando a confiança na mensagem do evangelho (v. 24) não precisam ter medo da condenação (João 3:17 , 18). Ver "O Retorno de Jesus Cristo" em 1 Tessalonicenses. 4:16.
    28. E agora, amados filhos - Tendo terminado o seu endereço de cada um, agora ele retorna para todos em geral. Permanecei nele, que nós - Uma expressão modesta. Não podem ser confundidos diante dele na sua vinda - O modo como vós quiserdes, judeus, Socinians, cristãos nominais, ter vergonha naquele dia!
29 - Se sabeis que ele é justo, sabeis que todo aquele que pratica a justiça é nascido dele.
    2:29-3:3 Como aquelas ensinadas pela Espírito, os crentes sabem todo um sistema de verdade e de vida que permanece oculto aos que estão no mundo. essenciais para isso é saber que, embora o tempo para bein g pode não ser exteriormente reconhecido, ainda podemos ter certeza de que somos "filhos de Deus" e "nascido dele." A revelação pública desta verdade aguarda a revelação pública de Deus ", quando ele se manifestar", na Segunda Vinda. Verdadeiros filhos de Deus irá suportar a semelhança da família, tanto agora, como a nossa esperança empresta a nossa vida pureza, focada lembrando dele, e no final, quando "seremos semelhantes a Ele". Só então é que nosso conhecimento dele ser completo, mas até agora o nosso conhecimento de que "ele é justo" trará justiça crescente de nossas próprias vidas.
    29. Cada um - e ninguém mais. Quem practiceth justiça - De um acreditar coração, amando. É nascido dele - Para todos os seus filhos são como ele. http://www.ccel.org/ccel/wesley otes.i.xxiv.iii.html




Untitled Document

Velho Testamento


Gênesis I Samuel Ester Lamentações Miquéias
Êxodo II Samuel Ezequiel Naum
Levítico I Reis Salmos Daniel Habacuque
Números II Reis Provérbios Oséias Sofonias
Deuteronômio I Crônicas Eclesiastes Joel Ageu
Josué II Crônicas Cânticos Amós Zacarias
Juízes Esdras Isaías Obadias Malaquias
Rute Neemias Jeremias Jonas


Novo Testamento


Mateus I Corintios I Tessalonicenses Filemom I João
Marcos II Corintios II Tessalonicenses Hebreus II João
Lucas Gálatas I Timóteo Tiago III João
João Efésios II Timóteo I Pedro Judas
Atos Filipenses Tito II Pedro Apocalipse
Romanos Colossenses