FECHAR

Biblia Comentada por Versículo - RSS

Projeto Histórias Bíblicas para as Crianças!

Item 1 Title thumbnail of Item 1 Title

Um ato simples para você, e muito importante para nós, compartilhe, divulgue a Palavra de Deus!

Item 2 Title thumbnail of Item 2 Title

Cadastre Artigos aqui no Bíblia Comentada!

Item 3 Title thumbnail of Item 3 Title

Acesse agora nosso Circulo de Oração!

Item 1 Title thumbnail of Item 1 Title
 II Samuel - Cap.: 7

12345678910
11121314151617181920
21222324
1 - E SUCEDEU que, estando o rei Davi em sua casa, e tendo o SENHOR lhe dado descanso de todos os seus inimigos em redor,
    7:1 descanso de todos os seus inimigos. Veja as notas sobre vv. 6 º, 9. Ver também v. 11, Deut. 12:10, 25:19; Josh. 23:1.
    1. Sat - Ou seja, foi liquidada na casa que os homens Hirams tinha construído para ele, então, reflectiram sobre o estado incerto da arca.
2 - Disse o rei ao profeta Natã: Eis que eu moro em casa de cedro, e a arca de Deus mora dentro de cortinas.
    7:2 Nathan. aqui mencionadas pela primeira vez, o profeta Natã também vai desempenhar um papel significativo no cap. 12 e 1 Kin. 1. Veja também 1 Chr. 29:29, 2 Chr. 9:29 e 29:25.
    dentro de cortinas da barraca. David aparentemente seu palácio vistas como símbolo de seu governo já estabelecido (5:11, 12), e ele propõe que o governo de Deus deve similarmente ser simbolizado com uma habitação permanente.
    2. O rei disse a Natã, o profeta: Eis que eu moro numa casa de cedro O palácio que Hiram enviou homens e materiais para construir em Jerusalém, tinham sido concluídos. Foi magnífico para a idade, embora feita inteiramente de madeira: casas nos países quentes não são obrigadas a possuir a solidez ea espessura das paredes, que são necessários para residências nas regiões expostas à chuva e ao frio. Cedro foi a madeira mais raras e valiosas. A elegância eo esplendor de sua própria mansão real, contrastando com a média tabernáculo e temporária em que a arca de Deus foi colocado, a mente angustiada piedoso de David.
    2. Cortinas - Ou seja, em uma tenda ou tabernáculo, ver. 6, composto por várias cortinas.
3 - E disse Natã ao rei: Vai, e faze tudo quanto está no teu coração; porque o SENHOR é contigo.
    7:3 Go. plano de Davi parece razoável Nathan, mas ele é rápido para reverter a si mesmo quando ordenadas pelo Senhor (v. 4). Nathan não é bajulador (12:7-14).
    3. Nathan disse ao rei: Vai e faze tudo o que está no teu coração: A religiosidade do projeto é recomendada para a mente dos profetas, e ele deu a sua aprovação apressada e incentivo para os planos reais. Os profetas, quando após o impulso dos seus próprios sentimentos, ou formar opiniões conjectural, caiu em erros frequentes. (Veja em 1 Samuel 16:06; 2Rs 4:27). 2Sa 7:4-17. Deus nomear o seu sucessor para a construir.
    17/04. Sucedeu que, naquela noite, que a palavra do Senhor veio a Natã A ordem foi dada ao profeta na noite imediatamente a seguir, isto é, antes David podia nem tomar quaisquer medidas ou incorrer em despesas.
    3. Nathan disse - Prosseguir a tua intenção, e construir uma casa para a arca. O projeto a ser piedoso e não a coisa proibida por Deus, Nathan aprovar às pressas, antes que ele tivesse consultado a Deus sobre isso, como ele e David deveria ter feito em uma matéria de tão grande. E, portanto, Nathan se encontra com esta repreensão, que ele é forçado a reconhecer seu erro e se retratar-lo. Para os santos profetas não falar de todas as coisas por inspiração profética, mas algumas coisas por um espírito humano.
4 - Porém sucedeu naquela mesma noite, que a palavra do SENHOR veio a Natã, dizendo:
    4. A palavra do Senhor veio - Porque erro Davids era piedosa, e de uma mente honesta, Deus não o deixou mentir muito nele.
5 - Vai, e dize a meu servo Davi: Assim diz o SENHOR: Edificar-me-ás tu uma casa para minha habitação?
    7:5, meu servo David. Cf. 3:18; Ps. 89:3. A referência do Senhor de David como "meu servo" coloca em um seleto grupo, que inclui a Abraão (Gn 26:24), Moisés (Num. 12:7, 8; Deut. 34:5), Caleb (Num. 14 : 24), e Josué (Josué 24:29).
    5. Tu - Ou seja, tu não.
6 - Porque em casa nenhuma habitei desde o dia em que fiz subir os filhos de Israel do Egito até ao dia de hoje; mas andei em tenda e em tabernáculo.
    7:6 eu não vivia em uma casa. Deus tem acompanhado o Seu povo eleito ao longo das suas andanças (vv. 6, 7). Não até que Ele plantou em seu lugar (v. 10) e gostam de "descanso" (v. 11) que excede o que eles já têm com David (v. 1) Ele irá permitir uma casa permanente, a ser construído para o seu nome (v. 13).
    6. Tenda e tenda - Esses dois parecem, assim, distinguir-se, a pessoa pode notar as cortinas e cortinas no interior, o quadro de outro dos conselhos, e revestimentos em cima dele.
7 - E em todo o lugar em que andei com todos os filhos de Israel, falei porventura alguma palavra a alguma das tribos de Israel, a quem mandei apascentar o meu povo de Israel, dizendo: Por que não me edificais uma casa de cedro?
8 - Agora, pois, assim dirás ao meu servo Davi: Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Eu te tomei da malhada, de detrás das ovelhas, para que fosses o soberano sobre o meu povo, sobre Israel.
    8. Meu servo - Lest David deve ser muito desanimado, ou julgar-se negligenciado de Deus, como um pensamento indigno de tão grande honra, Deus dá-lhe aqui o honroso título de seu servo, assim que significa que ele aceitou de seu serviço, e boa intenções.
9 - E fui contigo, por onde quer que foste, e destruí a teus inimigos diante de ti; e fiz grande o teu nome, como o nome dos grandes que há na terra.
    7:9 Eu fui com você. Veja a nota 1 Sam. 16:18.
    um grande nome. A declaração de um grande nome recorda a promessa divina feita ao patriarca Abraão em Gênesis 12:2. Cf. 8:13, onde David''fez-se um nome. "
10 - E prepararei lugar para o meu povo, para Israel, e o plantarei, para que habite no seu lugar, e não mais seja removido, e nunca mais os filhos da perversidade o aflijam, como dantes,
    10. Nomear - Ou seja, vou dar espaço para eles, ao passo que até agora têm sido muito angustiados por seus inimigos. Ou então, vou criar um lugar para eles, ou seja, vou estabelecer-los em seu local ou terreno. Meu povo - Entre os favores que Deus tinha outorgado, e que trocará a David, ele calcula a sua bênção para Israel, porque eram grandes bênçãos de Davi, em parte, porque a força ea alegria de um rei consiste na multiplicidade ea felicidade de seu pessoas, e em parte, porque David foi um homem de espírito público e, portanto, não menos afetado com a felicidade de Israel do que com a sua própria. Antes de tempo - a do Egito.
11 - E desde o dia em que mandei que houvesse juízes sobre o meu povo Israel; a ti, porém, te dei descanso de todos os teus inimigos; também o SENHOR te faz saber que te fará casa.
    7:11 Ele vai fazer-lhe uma casa. Após ter recusado a oferta de David para construir-lhe uma templo (casa, v. 5), os contadores de Deus com o anúncio de graça que Ele, ao contrário, estabelecer uma dinastia de David.
    11. Também o Senhor te faz saber que ele vai fazer-te uma casa Como uma recompensa por sua finalidade piedosa, Deus iria aumentar e manter a família de David e assegurar a sucessão do trono de sua dinastia. [Veja no 1Ch 17:10].
    11. E como uma vez que - também como fizeram com os juízes. Mas tudo isso deve ser entendido com uma condição, exceto que eles devem abandonar notoriamente Deus. E te fiz - É, e como até o momento em que eu dei-te descanso. Mas essas palavras, mas de acordo com nossa tradução, ser incluído no parêntese mesmo com as cláusulas anteriores, pode ser melhor colocar sem ele, e levado por eles próprios. Pelo exposto palavras neste versículo, e ver. 10, toda a preocupação do povo de Israel, mas estas palavras dizem respeito apenas David, a quem os discursos retorna depois de uma breve digressão sobre o povo de Israel. E eles podem ser processados assim. E te farei descansar, & c. - Mais completa e perfeita do que tu fazes ainda. Ele, & c. - Para a tua boa vontade para fazer-lhe uma casa, ele te fará uma casa, uma casa de verdade, ou seja, ele irá aumentar e manter a tua posteridade, e continua o teu reino de tua família.
12 - Quando teus dias forem completos, e vieres a dormir com teus pais, então farei levantar depois de ti um dentre a tua descendência, o qual sairá das tuas entranhas, e estabelecerei o seu reino.
    7:12 suas sementes. Salomão.
    que virão de seu corpo. As mesmas palavras foram ditas a Abraão em Gênesis 15:4.
    12. Vou criar a tua descendência depois de ti, & c. É habitual para o filho mais velho nasceu após os pais de sucessão ao trono para sucedê-lo na sua dignidade de rei. Davi teve vários filhos de Bate-Seba nasceu após sua remoção a Jerusalém (2Sa 5:14-16; compare 1Ch 3:5). Mas por uma ordenança especial ea promessa de Deus, seu sucessor deveria ser um filho nascido após esse tempo, ea partida do uso constante do Oriente, em fixação da sucessão, pode ser explicada em nenhum outro motivo conhecido, exceto o cumprimento da promessa divina.
    12. E quando, & c. - Quando o tempo da tua vida caduca. Esta frase implica que os seus dias serão prolongados para o curso normal da natureza, e não cortar no meio, por qualquer morte violenta ou inesperada. Porei - Vou criar em teu trono, a tua posteridade, Salomão, primeiro, e depois, sucessivamente, os outros, e finalmente o Messias. Assim, as seguintes palavras podem ser entendidas, parte de sua posteridade, em geral, parte de Salomão, e da parte de Cristo somente, de acordo com a diferente natureza das várias passagens.
13 - Este edificará uma casa ao meu nome, e confirmarei o trono do seu reino para sempre.
    7:13 para meu nome. Foi "por causa do seu grande nome" para que o Senhor se recusou a rejeitar o seu povo depois de seu pedido pecaminosa de um rei ( 1 Sam. 12:22). Agora ele anuncia a Davi que seu próprio filho, que vai sucedê-lo como rei, vai construir um templo "ao meu nome." Para uma explicação sobre o significado do nome de Deus, ver ex. 34:5-7; e nota em 1 Sam. 17:45.
    13. Ele edificará uma casa ao meu nome, e confirmarei o trono do seu reino para sempre Esta declaração se refere, na sua primeira aplicação, a Salomão, e para o reino temporal da família Davids. Mas em um sentido maior e mais sublime, ele foi concebido de Davids Filho de outra natureza (Hb 1:8). [Veja no 1Ch 17:14.] 2Sa 7:18-29. Davids Oração e Ação de Graças.
    13. Ele - Isso significa, literalmente, de Salomão, que só fez construir a casa ou templo material, mas em última análise, de Cristo, que é o criador dos deuses casa ou templo espiritual. Para o meu nome - Ou seja, para o meu serviço, e de glória. Para sempre - Isto não é significado de Salomão, o seu reino não era para sempre. Mas é para ser entendido da posteridade Davids, em geral, e com especial respeito a Cristo, em cujo reino era a pessoa a ser apresentado para sempre. 14. Seu pai - Vou levar-me para ele como um pai, com todo o carinho, e eu próprio dele como meu filho. Este destina-se tanto de Salomão, como um tipo de Cristo e de Cristo como é evidente de Hebreus. i, 5. Se ele cometer - Este concorda apenas a Salomão e alguns outros da posteridade de Davi, mas não a Cristo, que nunca cometeu injustiça, como fez Salomão, que ali não era tipo de Cristo e, portanto, este ramo é arquivado em Salomão, que, neste que Salomão era um tipo de Cristo, o sentido passa por Salomão a Cristo. Rod dos homens - com varas, como são gentis e moderados, e aptos para mans fraqueza.
14 - Eu lhe serei por pai, e ele me será por filho; e, se vier a transgredir, castigá-lo-ei com vara de homens, e com açoites de filhos de homens.
    7:14-16 seu Pai ... Meu filho. O significado completo desta promessa, expressiva da relação especial que o Senhor estabelece com os reis Davi (Sl 2:7; 89:18-37), é finalmente realizado em Cristo (Mc 1: 11, Atos 13:33; Heb. 1:5).
    7:14 vou castigá-lo. Como um pai, o Senhor disciplina será o filho do real quando faz algo errado, mas seu amor nunca aliança será tomada longe dele. Embora a punição é severa, estendendo-se até mesmo à perda da terra e do templo (1 Rs. 9:6-9), a promessa de Deus para estabelecer para sempre o trono de Davi, não pode falhar. Esta promessa será cada vez mais a ser entendida em termos messiânicos (Is. 9:7; 11:1-5; Jer. 33:14-26; Mic. 5:2-5).
15 - Mas a minha benignidade não se apartará dele; como a tirei de Saul, a quem tirei de diante de ti.
    15. Minha misericórdia - que é, ou, a minha bondade, isto é, o reino que eu misericordiosamente prometida para ti e tua. De Saul - No que diz respeito a sua posteridade, para o reino continuou a sua pessoa durante a vida.
16 - Porém a tua casa e o teu reino serão firmados para sempre diante de ti; teu trono será firme para sempre.
    16. Antes de ti - os teus olhos em alguns contemplando classificá-lo, pois ele viveu para ver seu filho sábio Salomão realmente colocado no trono, com reputação e aplauso geral, que já era um bom prenúncio da continuação do reino em sua família, e sendo considerado, juntamente com a certeza infalível promessa de Deus para ele e sua (da realização do qual, este era um sério), deu-lhe garantia de bom mesmo, especialmente considerando que ele tinha os olhos e os pensamentos sobre o Messias, cx Salmo, 1, & c. cujo dia ele viu pela fé, como Abraão, João VIII, 56, e que ele sabia que Deus ressuscitou dentre os frutos dos seus lombos se sentar no seu trono, e que para sempre, e assim a eternidade do seu reino é bem disse estar diante dele.
17 - Conforme a todas estas palavras, e conforme a toda esta visão, assim falou Natã a Davi.
18 - Então entrou o rei Davi, e ficou perante o SENHOR, e disse: Quem sou eu, Senhor DEUS, e qual é a minha casa, para que me tenhas trazido até aqui?
    7:18 David entrou e sentou-se perante o L ORD. Presumivelmente, Davi estava sentado em frente da arca, o símbolo da presença do Senhor (Ex. 25:22; 30:6; Deut. 10:8; Josh. 6:8). Não era costume de se sentar enquanto rezava (Deut. 10:7).
    Quem sou eu Após ter oferecido uma casa para Deus, Davi é esmagada pela declaração do Senhor o que Ele vai construir uma casa de David. A humildade de Davi evidente em "Quem sou eu", concorda com o reconhecimento de que é o soberano Senhor que vem com ele (1 Sam. 16:18 nota) para trazê-lo até aqui.
    18. Então entrou o rei Davi, e sentou-se diante do Senhor Sentar-se antigamente era uma atitude de adoração (Ex 17:12; 1 Samuel 04:13, 1Rs 19:04). Quanto à atitude particular David sentou-se, muito provavelmente, nos calcanhares . Era a postura dos antigos egípcios antes os santuários, é a postura de profundo respeito diante de um superior no Oriente. Pessoas da mais alta dignidade sentar-se, assim, quando se sente na presença dos reis e é a única atitude assumida sessão pelos muçulmanos modernos em seus lugares e ritos de devoção.
    18. In - Into tabernáculo. Sat - Ele pode sentar-se para uma temporada, enquanto ele estava meditando sobre essas coisas, e, em seguida, alterar a sua postura e põe-se à oração. Quem sou eu, & c. - Como infinitamente indigno sou eu e minha família esta grande honra e felicidade!
19 - E ainda foi isto pouco aos teus olhos, Senhor DEUS, senão que também falaste da casa de teu servo para tempos distantes; é este o procedimento dos homens, ó Senhor DEUS?
    7:19 É este o tipo de homem. Em hebraico esta frase é difícil. O versículo paralelo de 1 Chr. 17:17 lê bastante diferente: você "me ter considerado de acordo com a patente de um homem de alto grau."
    19. É esta a maneira de o homem, Senhor Deus? , isto é, não é habitual para os homens mostram tal condescendência às pessoas tão humilde como eu sou? (Veja 1Ch 17:17).
    19. Este - que tu já fez por mim, que me tenhas trazido até aqui, neste campo de honra, paz e prosperidade, em que através de teu favor agora estou. Era pequena - Apesar de ter sido mais do que eu merecia, ou poderia esperar, mas tu não acha que o suficiente para te dar para mim. Um pouco grande - Para muitos séculos futuros, e para toda a eternidade. É este, & c. - Os homens usam para lidar com tanta bondade com os seus inferiores, como tu fizeste comigo? Não: o que é prerrogativa da graça divina.
20 - E que mais te pode dizer ainda Davi? Pois tu conheces bem a teu servo, ó Senhor DEUS.
    20. o que se pode dizer que David mais de ti? , isto é, minhas obrigações são maiores do que posso expressar. «  Anterior Capítulo 7 Next  »? versão para impressão Este livro foi acessada mais de 1764106 vezes desde 01 de junho , de 2005. Registre-se Login Anúncios Store | Copyright | Política de Privacidade | Fale Conosco | Anuncie conosco | Programa de Assinatura Library. ControlBox (bottom: fundo; 0px: # 660000; cor: branco de preenchimento;: 4px 4px 4px 4px; border: 1px cinza sólido ; visibility: hidden; font-size: 10pt;). cbutton (border: 1px solid # 330000; background: # CCCCCC; padding: 2px 2px 2px 2px;) | |
    20. David diz - quer em forma de gratidão e louvor, as palavras não podem expressar as minhas obrigações para ti, nem o meu sentido de estas obrigações: Ou uma forma de oração. O que eu posso pedir de ti mais do que tens feito livremente? Tu sabes - Tu conheces o meu profundo sentimento de favores te, e as minhas obrigações para ti. E a minha condição e necessidades, o que eu faço ou pode precisar de seguir, e como tu sabes isso, então eu duvido que tu não me fornecer.
21 - Por causa da tua palavra, e segundo o teu coração, fizeste toda esta grandeza; fazendo-a saber a teu servo.
    21. Teu amor de palavras - que o teu poderias cumprir as promessas feitas a mim, e assim demonstrar a tua fidelidade. próprio coração - ou o teu próprio mera liberalidade e boa vontade, sem qualquer deserto da mina. Até agora foi David, embora um homem muito piedoso, de pensar suas ações meritórias.
22 - Portanto, grandioso és, ó SENHOR Deus, porque não há semelhante a ti, e não há outro Deus senão tu só, segundo tudo o que temos ouvido com os nossos ouvidos.
    7:22-24 David é movido pela consideração do seu estatuto próprio e de sua casa (vv. 18-21) para contemplar a singularidade do seu Deus. Ele é o único verdadeiro Deus, e em Seu favor imerecido Ele escolheu David, e da nação de Israel propriamente dito, para ser o povo por meio do qual seu grande nome viria a ser conhecido (Ex. 15:11-13; Deut. 7:6-8).
    22. Grande - Tanto no poder e na bondade, como parece com as coisas grandes e boas que fizeste por mim.
23 - E quem há como o teu povo, como Israel, gente única na terra, a quem Deus foi resgatar para seu povo, para fazer-te nome, e para fazer-vos estas grandes e terríveis coisas à tua terra, diante do teu povo, que tu resgataste do Egito, desterrando as nações
24 - E confirmaste a teu povo Israel por teu povo para sempre, e tu, SENHOR, te fizeste o seu Deus.
    24. Confirmado - Em parte, por tuas promessas, e que a aliança de certeza que fizeste com eles e, em parte, por tuas obras glorioso feito em seu nome, como aparece neste dia. Seu Deus - de um modo peculiar, e pela relação especial e convênio: caso contrário, ele é o Deus e Pai de todas as coisas.
25 - Agora, pois, ó SENHOR Deus, esta palavra que falaste acerca de teu servo e acerca da sua casa, confirma-a para sempre, e faze como tens falado.
26 - E engrandeça-se o teu nome para sempre, para que se diga: O SENHOR dos Exércitos é Deus sobre Israel; e a casa de teu servo será confirmada diante de ti.
    26. Deixa o teu nome - Ou seja, tu fazes nunca deixará de manifestar-te a Deus, o governador de Israel.
27 - Pois tu, SENHOR dos Exércitos, Deus de Israel, revelaste aos ouvidos de teu servo, dizendo: Edificar-te-ei uma casa. Portanto o teu servo se animou para fazer-te esta oração.
    27. Esta oração, & c. - Essa oração que se encontra na língua só não vai agradar a Deus. Deve ser encontrado no coração. Que deve ser levantado e derramou diante de Deus.
28 - Agora, pois, Senhor DEUS, tu és o mesmo Deus, e as tuas palavras são verdade, e tens falado a teu servo este bem.
    28. Que Deus - que Deus, que tu te declarou ser Deus de Israel, e em particular o meu Deus.
29 - Sê, pois, agora servido de abençoar a casa de teu servo, para permanecer para sempre diante de ti, pois tu, ó Senhor DEUS, o disseste; e com a tua bênção será para sempre bendita a casa de teu servo.
    29. Continue sempre, & c. - Quando Cristo para sempre, sentou-se na mão direita de Deus, e recebeu toda a segurança possível, que sua semente e devem ser trono como os dias do céu, então esta oração foi abundantemente respondeu. http://www.ccel.org/ccel/wesley otes.ii.xi.viii.ii.html




Untitled Document

Velho Testamento


Gênesis I Samuel Ester Lamentações Miquéias
Êxodo II Samuel Ezequiel Naum
Levítico I Reis Salmos Daniel Habacuque
Números II Reis Provérbios Oséias Sofonias
Deuteronômio I Crônicas Eclesiastes Joel Ageu
Josué II Crônicas Cânticos Amós Zacarias
Juízes Esdras Isaías Obadias Malaquias
Rute Neemias Jeremias Jonas


Novo Testamento


Mateus I Corintios I Tessalonicenses Filemom I João
Marcos II Corintios II Tessalonicenses Hebreus II João
Lucas Gálatas I Timóteo Tiago III João
João Efésios II Timóteo I Pedro Judas
Atos Filipenses Tito II Pedro Apocalipse
Romanos Colossenses